"Let's go crazy until we see the sun, never ever stop for anyone let's live while we are young"
"Felicidade é o que você faz com aquilo que você tem..."
Palavras, fotos, textos...um passa tempo... Carpe Diem significa aproveite o dia, ou seja.. Viva enquanto você tiver Vida! Pois chegará um tempo que seu dia-a-dia se resumirá a cartelas de remédios e todos fazendo tudo por você, então.. não tenha medo, arrisque não deixe passar uma oportunidade pois ela poderá nunca voltar para você...
Carpe Diem pra você!





Começando aqui


Chega mais


What I care almos about


Eu e eu


Theme adaptado por dilacerar; base por antigones com detalhes da keepcal-m e noheartgirl.
theme (c)

(Source: spaceandweed, via god-loveme)


1 week ago · 38,798 notes · originally from spaceandweed · Reblog

Ela é boba, ri de tudo e faz palhaçada. Ela sabe ser seria, fria e grossa. Ela é romântica, sentimental e se apega muito fácil. Ela se apaixona por sorrisos, gosta de abraços apertados e de andar de mão dada. Ela gosta de gente que a valoriza, gosta de se sentir importante e mais ainda quando é mimada. Ela ama fazer carinho, mexer no cabelo dos outros e de “morder” as pessoas que gosta. Ela é uma garota difícil de lidar, está cada hora de um jeito e é péssima em demonstrar o que sente. Ela se importa,tem medo de perder e sente muito ciumes. Ela é um doce de menina, mas não a machuque pois esta pode ficar amarga.
Ela é você .   (via combarreira)

(Source: refez, via sembarreira)


1 month ago · 91,223 notes · originally from fuckkles · Reblog

(Source: z-ordon, via i-m-a-sexy-bitch)


1 month ago · 18,665 notes · originally from z-ordon · Reblog


1 month ago · 547,677 notes · originally from mayorswan · Reblog

rrriordan:

Putting the new PJO covers together in one massive mural of epicness. And yes, even the spines go together!

(via rimanerefort)


2 months ago · 25,414 notes · originally from rrriordan · Reblog

O rouge virou blush. O pó-de-arroz virou pó-compacto. O brilho virou gloss. O rímel virou máscara incolor. A Lycra virou stretch. Anabela virou plataforma. O corpete virou porta-seios. Que virou sutiã. Que virou silicone. A peruca virou aplique… interlace… megahair… alongamento. A escova virou chapinha. ‘Problemas de moça’ viraram TPM. Confete virou MMs. A crise de nervos virou estresse. A purpurina virou gliter. A tanga virou fio dental. E o fio dental virou anti-séptico bucal. Ninguém mais vê: O à-la-carte porque virou self-service. A tristeza agora é depressão. O espaguete virou miojo pronto. A paquera virou pegação. A gafieira virou dança de salão. O que era praça virou shopping. A areia virou ringue. O LP virou CD. A fita de vídeo é DVD. O CD já é MP3. É um filho onde eram seis. O álbum de fotos agora é mostrado por e-mail. O namoro agora é virtual. A cantada virou torpedo. E do ‘não’ não se tem medo. O break virou street. O samba, pagode. O carnaval de rua virou Sapucaí. O folclore brasileiro, halloween. O piano agora é teclado, também. O forró de sanfona ficou eletrônico. Fortificante não é mais Biotônico. Polícia e ladrão virou Counter Strike. Fauna e flora a desaparecer. Lobato virou Paulo Coelho. Caetano virou um pentelho. Elis ressuscitou em Maria Rita. Raul e Renato. Cássia e Cazuza. Lennon e Elvis. A AIDS virou gripe. A bala antes encontrada agora é perdida. A violência está maldita. A maconha é calmante. O professor é agora o facilitador. As lições já não importam mais. A guerra superou a paz. E a sociedade ficou incapaz. De tudo. Inclusive de notar essas diferenças.
Luís Fernando Veríssimo.  (via frasesmalfeitas)

(Source: cetamourenmoi, via frasesmalfeitas)


3 months ago · 60,656 notes · originally from cetamourenmoi · Reblog

Gosto de pessoas que.......... 

idontbelieveinfairytalestuff:


Eu gosto de pessoas sinceras, de olhar profundo e coração generoso.
Gosto de pessoas que não tem medo de ser elas mesmas, que não procuram agradar os outros.
Gosto de pessoas exageradas, com risada engraçada e escandalosa.
Gosto de pessoas que abraçam apertado, que beijam como se a vida…


3 months ago · 1 note · originally from idontbelieveinfairytalestuff · Reblog

(via drugs-sexlife)


4 months ago · 440,342 notes · originally from c-isnenegro · Reblog

Me apaixono fácil pelo jeito fofo que você tem em tentar parecer indiferente a minha presença :3
-me

4 months ago · 1 note · Reblog

But just because it burns, doesn’t mean you’re gonna die. You gotta get up and try, try, try…
— P!nk - Try

4 months ago · 0 notes · Reblog

Como que você faz isso? Sorrir, é esse o nome? Você não deveria fazer isso… Sério, você vai se machucar. Para, sério, pode ser perigoso. Não aponta isso pra mim! - Já era, apaixonei.
— Me

4 months ago · 1 note · Reblog

É só que eu não quero ser a paixonite de ninguém. Se alguém gosta de mim, eu quero que goste de mim de verdade, e não pelo que pensam que eu sou. Eu não quero que carreguem isso preso por dentro. Quero que mostrem pra mim, para que eu possa sentir também.
— As vantagens de ser Invisível - Stephen Chbosky

4 months ago · 2 notes · Reblog

(Source: 4evermenteengracado, via maravilhanaervilha)


4 months ago · 5,058 notes · originally from 4evermenteengracado · Reblog

Eu no dia-a-dia: 

maravilhanaervilha:

Eu no mercado

image

Eu em casa

image

E por fim eu descendo as escadas

image

Se eu sou uma pessoa desastrada?

image

(Source: electric-booobs)


4 months ago · 9,221 notes · originally from electric-booobs · Reblog

-risos

(via maravilhanaervilha)


4 months ago · 8,841 notes · originally from very-fun · Reblog